Postagens

Szívemben bomba van

Essa música tem um significado especial pra mim e marca a primeira vez que tive a oportunidade de cantar em húngaro para húngaros. Estava no início dos estudos e foi uma situação inesperada. Acabei cantando timidamente, tentando ao máximo não errar a letra. Hoje, depois de ter estudado um pouco mais, resolvi gravar e postar aqui para guardar melhor a recordação daquele dia. Mas uma coisa é certa: continuo ao máximo tentando não errar a letra! ^^

¿Dónde estás, Yolanda?

Parece que faz um tempão que eu não posto nada (e realmente faz algum tempo mesmo). Correria de fim de ano, semestre acabando e um monte de coisas pra organizar. E aproveitando esse clima de encerramento, quero gravar todas as músicas que estão planejadas pra esse ano ainda. A primeira é essa, uma das músicas que não faltam no meu cotidiano. Tem manhãs inteiras em que eu fico perguntando onde está Yolanda! ^^

Hitori Janai

Acabei mergulhando no mundo dos animes, passando por Dragon Ball GT e tendo o prazer de gravar essa canção que gosto tanto e que foi uma das primeiras que despertaram o meu interesse pela lingua japonesa. Quem sabe um dia eu até comece a estudar pra valer, não é mesmo? Por enquanto sigo cantando! ^^

L'ultima cosa

Desde que eu era criança ouvia minha mãezinha cantarolando essa música enquanto fazia as atividades de casa, então ela me passa uma sensação de nostalgia, bem-estar e amor materno. Sinceramente é muito bom poder reproduzi-la com a minha voz e cantar lembrando de tempos antigos. Inclusive, minha própria mãe achou interessante a escolha e hoje faz questão de ficar escutando a minha versão. E eu acho fantástico poder agradá-la tanto quanto fui agradado nos momentos em que ela cantarolava há decadas... ^^

Quien será

Hoje decidi trazer ao projeto uma música que conheci através do Trio los Panchos. Há alguns anos gravei a versão em inglês dessa mesma canção (sway), mas a original para mim é muito mais gostosa de cantar. Aliás: tudo o que diz respeito aos grandes trios mexicanos me agrada porque eles geralmente são uma excelente combinação de letras sentimentais, instrumentos de corda evidenciados e vozes em harmonia. Posso passar horas ouvindo (principalmente ao lado de algumas taças de vinho). Sempre que for possível pretendo gravar canções desse tipo e postar aqui. Foi muito divertida a experiência de gravar com um karaokê como esse. Me senti realmente cantando em um trio! ^^

Hé te gyorsvonat

Músicas húngaras fazem parte da minha vida e quem me conhece sabe: sempre estou escutando e cantarolando. Essa, em particular, foi uma das primeiras que ouvi e gostei. Comprei o karaokê diretamente de um site húngaro, gravei e tentei ao máximo não errar a pronúncia das palavras. O resultado me agradou bastante! ^^

Aunque no sea conmigo

Essa é a versão que fiz de uma música muito importante pra mim. Já faz algum tempo que foi gravada e a conheci através de um filme. Alguns anos depois ganhou um significado especial e marcou um período que vivi. O processo de gravação foi bem rápido e uma coisa interessante é que eu só consegui gravar de olhos fechados...

Versões antigas (gravadas em 2015/2016)

Essas são algumas das versões antigas que gravei. Por alguns anos elas estiveram disponíveis no site e no canal do Youtube, mas com o tempo e a reformulação de todo o projeto acabei achando melhor fazer uma playlist e organizar tudo aqui mesmo. Algumas (que estavam muuuuuito ruins) eu aproveitei pra deixar de fora e regravar futuramente. Acho que hoje em dia consigo fazer versões pelo menos um pouquinho melhores... Hahahaha!!! ^^

Reiniciando!

É com muito prazer que retorno ao Musicareca. Quando comecei, em 2015, o projeto era apenas uma forma divertida de compartilhar versões que eu cantava das músicas que ouvia. Hoje, depois de tantas coisas boas que me aconteceram por causa dele, eu consigo ver que é bem mais que isso: é a minha identidade cultural, faz parte de quem eu sou. Não é apenas um careca louco cantando (errado) na internet. É a minha forma de dizer ao mundo que não importa o quanto os outros te achem estranho ou te julguem por qualquer motivo (até mesmo por um gosto musical diferente). O importante é estar bem consigo mesmo, sorrir quando puder, chorar quando quiser e simplesmente viver sendo quem você quiser ser. Então... que venham mais músicas e muitas novas formas de expressão! A partir de agora o Musicareca está de volta oficialmente! ^^